Sempre que pensamos em comprar ou trocar de carro já focamos no valor do automóvel, valor do seguro e até das revisões e peças dele. Mas o que muitos esquecem de contabilizar nesse “valor global” do veículo é o custo do IPVA.

Seja um carro novo, seminovo ou usado, o valor do IPVA é um custo anual que todos teremos que pagar, e ele é cobrado dos proprietários de veículos de todo o território nacional.

Então para que você compre auto com a certeza de que todas as contas dele serão pagas regularmente, pesquise todos esses itens antes de fechar negócio.

O IPVA é o “Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores” e sua gestão é feita pela Secretaria da Fazenda de cada Estado. Para os moradores do Estado de São Paulo, acessando o site da Fazenda você poderá tirar dúvidas, consultar o IPVA de seu carro e até quitar débitos pendentes.

O valor do imposto a ser pago varia de Estado para Estado, podendo essa variação ser de 1% a 6%. Essa porcentagem é cobrada de acordo com o valor do automóvel, sempre baseado na Tabela FIPE.

Metade do valor do IPVA vai para o município e a outra metade para o Estado, por isso é tão importante que o seu veículo seja emplacado no seu município de residência.

Dessa forma você garante que os valores pagos por você retornarão para a sua cidade e Estado.

Geralmente esse imposto é cobrado no mês de janeiro de cada ano, podendo ser pago à vista ou em até três parcelas. E quando pensamos em janeiro, já vem a mente aquele mês “tumultuado” cheio de outras contas e impostos para pagar, não é mesmo?

É IPVA, IPTU, financiamento, matrícula em escolas e faculdades… Inúmeras contas chegam em nossas residências no começo do ano! E com tanta coisa pra pensar corremos o risco de esquecer ou atrasar algumas, como o IPVA.

Nesse artigo falaremos das consequências de estar com o IPVA atrasado, como fazer para regularizar a situação e outras dicas sobre o assunto. Confira tudo isso agora!

IPVA atrasado, e agora?

Já falamos bastante sobre o que é o IPVA e como esse imposto é calculado. Aliás, quanto mais novo e mais caro for o automóvel, mais alto será esse imposto.

Nesse caso os automóveis seminovos e usados têm grande vantagem sobre os zero quilômetros. Então que tal dar uma olhada no estoque de veículos do Interior Carro?

Somos o maior classificado online de automóveis de São José do Rio Preto e região, não perca a oportunidade de conferir nossas ofertas especiais!

Mas afinal,

  • o que pode acontecer ao condutor que não tiver pago o IPVA no período correto?
  • até quando posso atrasar o pagamento desse imposto?

Vamos agora abordar alguns consequências desse atraso e não pagamento.

  • O atraso no pagamento do IPVA gera mais custos para o condutor. Isso porque segundo a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, caso não seja pago no prazo correto poderá ter acréscimos de 0,33% por dia de atraso até chegar a 20%. Tudo isso calculado sobre o valor do imposto devido;
  • Ainda segundo a Secretaria da Fazenda de São Paulo, poderá incidir sobre o valor do IPVA não pago no prazo correto, juros mensais baseados na Taxa Selic;
  • Multa de quase R$300,00 (Estado de São Paulo) para condutores flagrados dirigindo com o IPVA vencido;
  • Infração gravíssima de trânsito, ocasionado a perca de sete pontos na CNH para motoristas flagrados dirigindo veículos sem IPVA quitado (Estado de São Paulo);
  • Ficar com o nome negativado em órgãos de proteção ao crédito (SPC, Serasa) por não ter pago em dia o imposto devido;
  • Não conseguir fazer o licenciamento do veículo. Para que isso seja feito, é necessário que o IPVA está pago;
  • Possível apreensão do automóvel em caso de o licenciamento não ter sido feito. E como isso está atrelado ao pagamento do IPVA, se o condutor não paga o IPVA não consegue licenciar o carro. Dessa forma se for parado em alguma blitz policial o veículo sem licenciamento poderá ficar apreendido até que a situação se regularize, com o pagamento de todos os débitos pendentes.
  • Transferência do veículo para o nome de outra pessoa. Já que para que seja feita essa transferência é necessário que o veículo esteja com seus débitos quitados (multas, IPVA, licenciamento).

Realmente são inúmeras as desvantagens de se pagar com atraso o IPVA. Não é somente pela questão financeira (que já é de grande preocupação para todos nós) mas por todos os problemas secundários que a falta do pagamento gera.

Sabemos que nem sempre é possível pagar as contas em dia, e que muitos imprevistos podem ocorrer no meio do caminho.

A melhor forma de tentar amenizar esses problemas é o planejamento financeiro. Se você tem um carro, sabe que outros custos virão atrelados a ele. Então tente iniciar um planejamento meses antes dessas dívidas chegarem.

E quando for o momento de quita-las, você estará mais tranquilo e organizado para quita-las.

IPVA-atrasado-o-que-pode-acontecer

E agora, como eu pago o IPVA atrasado?

Que estar com o IPVA em dia você já viu que é super importante, agora vem a dúvida: como fazer para regularizar a situação?

Você pode procurar os serviços de um despachante, que te ajudará com toda a burocracia para resolver essa pendência. Ou então pode fazer por conta própria.

Caso sua escolha seja fazer sozinho, vamos ao passo a passo para resolver a situação e quitar logo essa dívida do IPVA.

1. Entrar no site da Secretaria da Fazenda do seu Estado:

Para veículos do Estado de São Paulo, o link direto é esse aqui! O próprio site vai te direcionando para os próximos passos e tirando dúvidas que possam surgir.

2. Pagamentos e consultas:

Você verá que essa “aba” Pagamentos e Consultas tem algumas opções, sendo elas: consultar débitos, como pagar, bancos autorizados, parcelamento com cartão… Ao clicar em “como pagar” uma nova página abrirá.

3. Gere a guia de recolhimento do imposto:

Essa guia virá com o valor atualizado que você deverá pagar para regularizar sua situação.

4. Modo de pagamento:

Nessa etapa após incluir os dados do seu automóvel você poderá optar pelo pagamento integral ou parcelado da dívida.

5. Pagando os débitos:

Depois de feitos todos os passos anteriores, bem como escolhida a forma que prefere pagar chegou a hora de fazer realmente o pagamento e assim regularizar a situação do seu veículo.

.

Pronto! Agora você sabe a importância de pagar em dia o IPVA, além de como proceder caso tenha perdido o prazo para tal pagamento. Documentação OK agora você pode até vender seu carro, se assim desejar.

Não se esqueça que no Interior Carro além de encontrar o maior estoque de carros seminovos e usados de Rio Preto e região você também pode anunciar gratuitamente o seu carro para a venda! Não perca essa oportunidade, confira nosso estoque.