Você pensou bastante, poupou dinheiro, se planejou e agora chegou o momento! Confira 5 dicas para não errar na negociação do seu carro dos sonhos.

Comprar auto é o sonho da maioria dos brasileiros. Afinal, trata-se de um patrimônio que pode trazer mais conforto e qualidade de vida para uma família. Além disso, agiliza o processo de deslocamento entre locais, garantindo assim que o usuário disponha de mais tempo para fazer o que considera mais produtivo.

E mesmo com a alta das vendas para os carros zero quilômetros, as negociações de carros usados também seguem em crescimento, segundo dados da Fenabrave.

No entanto, a compra de um carro exige certo poder de barganha ou negociação, bem como informações de qualidade sobre como se desenvolve esse processo. Ciente disso, montamos este conteúdo para apresentar a você cinco dicas que pode adotar para não errar na negociação de comprar seu auto. Confira!

1. Documentação exigida para a negociação do seu carro:

Uma das primeiras coisas que precisa saber é conhecer os documentos que são exigidos em um processo de negociação na compra de um carro. Muitas pessoas não conhecem quais são eles e, por conta disso, fazem negócios e depois se arrependem.

Na verdade, tais documentos não são necessariamente obrigatórios em um processo de compra de um carro, mas fundamentais para que realize um bom negócio.

Os documentos são estes: Certidão de Registro e Licença de Veículo (CRLV), Certificado de Registro de Veículo (CRV), manual do carro, Certidão Negativa de Multas em relação ao veículo, entre outros documentos que atestem que o carro/automóvel está em dia.

Além disso, solicite, se for o caso, documentos que comprovem a garantia de produtos que foram colocados no veículo, como a bateria, por exemplo. Caso o vendedor não esteja de posse desses documentos, questione e, se isso realmente for preciso, não feche negócio.

2. Não mostre desespero:

Toda compra, de qualquer produto que seja, exige paciência e planejamento para que as coisas aconteçam de maneira correta, ou seja, sem que esse processo traga depois o sentimento de arrependimento.

Então, como dica, sugerimos que não mostre desespero para o vendedor do veículo, pois isso pode prejudicar a sua negociação e, assim, fazer com que deixe de economizar.

Quando o vendedor percebe que o cliente ou potencial cliente está desesperado para comprar um veículo, ele tende a utilizar isso a seu favor, não oferecendo, por exemplo, descontos ou baixando o valor do automóvel. Ao oferecer descontos, ele pode deixar de ganhar um bom percentual sobre a venda realizada.

Por isso, mostre que está tranquilo e fazendo muitas pesquisas antes de realizar a compra do veículo que deseja. Solicite uma boa proposta ao vendedor e, com base nela, faça a sua. É uma maneira inteligente de comprar um veículo bom por um preço diferenciado.

3. Estude o perfil do vendedor do veículo

É possível visitar uma revenda de veículos e selecionar o vendedor que você deseja ser atendido. Isso pode otimizar o processo de negociação e garantir que feche a compra de um automóvel que atenda às suas necessidades com tranquilidade.

Então, a dica é: estude o perfil do vendedor do veículo antes de fechar negócio. Por que isso? Os vendedores de veículos utilizam técnicas de vendas que podem, e isso é muito comum, favorecer os seus ganhos. Afinal, essa é a sua função.

Diante disso, o comprador deve se preparar, conhecendo bem o seu interlocutor no processo de negociação. Uma maneira de fazer isso é selecionando o vendedor na loja e, a partir disso, buscar por referências sobre ele.

Por exemplo: perguntar a amigos, familiares, clientes etc. sobre o comportamento do vendedor no processo de negociação, que tipo de técnicas ele utiliza. Com base nisso, você pode se preparar para negociar uma excelente oferta de compra e, assim, fazer um bom negócio.

Compre auto Rio Preto: 5 dicas para não errar na negociação

4. Avaliar bem as condições do automóvel

A não ser que se trate de um veículo novo, é sempre recomendado avaliar as condições físicas/mecânicas do veículo, com o objetivo de verificar se tudo está como deveria.

Para isso, você pode, desde que isso seja consentido pelo vendedor, levar um profissional de sua confiança para verificar as condições do veículo.

Ainda que não seja comum, pois o automóvel passa por uma revisão completa, pode existir pequenos problemas no veículo que são capazes de garantir vantagens a você no processo de negociação.

Por exemplo, falhas pequenas na pintura podem fazer com que consiga um preço diferenciado na compra do veículo.

Não se trata de procurar problemas ou falhas no veículo, mas de se aproveitar de situações que podem favorecê-lo no que diz respeito à negociação na compra do veículo.

5. Estude tudo sobre o veículo:

Essa dica é importantíssima no processo de negociação na compra de um automóvel. Ela pode te ajudar no sentido de fazer com que obtenha informações preciosas a respeito do automóvel, como ano de fabricação, modelo, valor de mercado do veículo, entre outras consideradas fundamentais.

Hoje, há sites especializados em veículos, que podem fornecer a você não só informações de qualidade a respeito do modelo que pensa em comprar, mas também depoimentos de pessoas que relatam sua satisfação ou insatisfação com relação ao automóvel.

Estudar o essencial sobre o veículo é também fundamental porque possibilita que possa determinar o preço do automóvel com base em sua pesquisa. Além disso, garante que argumente bem, favorecendo assim a negociação para o seu lado.

Gostou das dicas? Então veja outros conteúdos aqui do blog e compartilhe com outras pessoas que precisam saber dessas informações também.

Esperamos que elas possam lhe ajudar durante o processo de negociação e compra do carro que deseja. Sabemos que esse é um momento importante para você e foi por isso que reunimos essas orientações.